Difference: MinisterioDasComunicaçõesCronograma (1 vs. 3)

Revision 318 Oct 2006 - SissiLucena

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="TvdigitalEducacao"

DANIEL CASTRO Folha SP - 11/10/06

Line: 23 to 23
  *Onde ficará a interatividade com o canal de retorno?
Changed:
<
<
*Será quem apenas os canais de educação e cidadania farão interatividade?
>
>
*Será que apenas os canais de educação e cidadania farão interatividade?
  Para a educação não é interessante ter HDTV pois em isso nada mudaria o modelo educacional pautado na transmissão unidirecional. Para fazermos novas educações a interatividade é imprecindível.

Revision 215 Oct 2006 - SissiLucena

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="TvdigitalEducacao"

DANIEL CASTRO Folha SP - 11/10/06

Line: 27 to 27
  Para a educação não é interessante ter HDTV pois em isso nada mudaria o modelo educacional pautado na transmissão unidirecional. Para fazermos novas educações a interatividade é imprecindível.
Added:
>
>
Mais alguns detalhes sobre o crongrama de implantação da TV digital poderão ser encontrato do site Cronograma de Implantação da TV Digital no Brasil (Dec. 5820 de 29/06/06 )
 -- SissiLucena - 11 Oct 2006

Revision 111 Oct 2006 - SissiLucena

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="TvdigitalEducacao"

DANIEL CASTRO Folha SP - 11/10/06

COLUNISTA DA FOLHA

O cronograma de implantação da TV digital do Ministério das Comunicações é o mesmo da TV Globo. As transmissões digitais comerciais em São Paulo só começarão em dezembro de 2007, conforme anunciou ontem o ministro Hélio Costa, porque só em dezembro de 2007 a Globo e as demais grandes redes estarão prontas para fazê-lo. Os primeiros aparelhos receptores de TV digital também só devem chegar às lojas no final do ano que vem.

No início deste ano, quando havia muita pressa do governo e das redes de TV em definir a tecnologia de TV digital do país, a Globo dizia que poderia fazer as primeiras transmissões digitais em 7 de setembro último -como gostaria o governo.

Mas o anúncio da escolha do padrão japonês -defendido pelas TVs, enquanto as telefônicas queriam o europeu- foi adiada, e os prazos da Globo, dilatados. Em junho, quando o governo anunciou sua opção, a Globo ainda falava em inaugurar as transmissões digitais logo no início do próximo ano.

Como a Folha publicou na semana passada, Octávio Florisbal disse que a emissora só estará "em condições de colocar o sinal [digital] no ar no segundo semestre do ano que vem". Assim, não surpreende o cronograma anunciado ontem por Costa, ex-repórter da Globo e ministro afinadíssimo com as redes de televisão.

As redes tinham muita pressa em definir a escolha do padrão de TV digital japonês pelo temor que um outro padrão facilitasse a entrada das gigantes telefônicas (com receita muito maior que as TVs) no setor. O ritmo das TVs agora será ditado por suas capacidades financeiras de investir na compra de equipamentos digitais. E pelo temor dos estragos que poderão ser causadas por novas tecnologias, como a IPTV (a TV por internet, que oferecerá conteúdo audiovisual sob demanda, que a Telefônica deve começar a testar em São Paulo já no próximo mês).

O grande argumento das TVs e do Ministério das Comunicações pelo padrão japonês era que esse é o único que, segundo as redes, permite uma TV de definição de alta qualidade (HDTV). As redes transmitirão uma única programação (em tese, elas poderiam transmitir até quatro). Logo, terão que transmitir em HDTV para otimizar toda a freqüência que receberão. Se não fizerem isso, estarão usando mal um bem público, ocupando espaço que outros poderiam conquistar.

A Globo e outras redes já captam programas em tecnologia digital, mas não em HDTV. Segundo Octávio Florisbal, a troca dos atuais equipamentos dos estúdios da Globo por novos de HDTV começa ainda neste ano. A primeira fase dessa implantação só se completará em dezembro de 2007, no limite do prazo anunciado ontem pelo Ministério das Comunicações.

Comentário

*Onde ficará a interatividade com o canal de retorno?

*Será quem apenas os canais de educação e cidadania farão interatividade?

Para a educação não é interessante ter HDTV pois em isso nada mudaria o modelo educacional pautado na transmissão unidirecional. Para fazermos novas educações a interatividade é imprecindível.

-- SissiLucena - 11 Oct 2006

 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback