Difference: AgnaldoBarreto2009 ( vs. 1)

Revision 131 Oct 2010 - Main.JoaquimLago

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="MonoGeologia"
Estudo Litogeoquímico Comparativo dos Corpos Máfico-Ultramáficos-Gabro-Anortosíticos da Parte Sul do Estado da Bahia - Agnaldo Barbosa Barreto(2009.2)

Banca: Prof. Dr. Johildo S. F. Barbosa - IGEO/UFBA - Orientador, Drª. Cristina Maria Burgos de Carvalho - CPRM, Profª. Drª. Ângela Beatriz de Menezes Leal - IGEO/UFBA

Resumo: Os quatro corpos máficos-ultramáficos e gabro-anortosíticos do sul do Estado da Bahia, objeto deste trabalho de compilação bibliográfica, constituem os maciços do Rio Piau, Samaritana/Carapussê, Mirabela e Palestina. Eles estão alinhados na direção aproximada N100E? e localizados entre os blocos Itabuna-Salvador-Curaçá e Jequié. Usando como base, dados petrográficos e análises químicas de rocha total, de trabalhos anteriores, esse TFG tenta verificar se eles foram ou não provenientes de uma mesma fonte magmática. Os dados anteriores têm mostrado que esses corpos foram gerados por magmas toleíticos, sendo interpretados como de idade paleoproterozóica. Os dois primeiros (Rio Piau e Samaritana/Carapussê) são mineralizados em Fe, Ti e V, o terceiro (Mirabela) em sulfetos de níquel e platinóides, e o quarto (Palestina), embora ainda não tenha sido suficientemente pesquisado, ele se parece muito com o terceiro. Os diversos litotipos, sobretudo aqueles de Mirabela variam desde as composições duníticas até as composições gabróica-anortosíticas. Inclusive, o corpo de Mirabela possui a seqüência típica de corpos máficos-ultramáficos acamadados, estudados mundialmente, ou seja: dunito, peridotito, piroxenito, websteritos, gabro e por último anortosito. Os elementos maiores e traços demonstraram que existem dois conjuntos cumuláticos toleíticos: um relativo à Mirabela e Palestina e outro relativo ao Rio Piau e Samaritana/Carapussê. Apesar de se tratarem de rochas cumuláticas, os pontos representativos das análises químicas dos membros máficos-ultramáficos e gabro-anortosíticos, (Mirabela e palestina) e membros gabro-anortosíticos (Rio Piau e Samaritana/Carapussê) se organizam bem nos gráficos bidimensionais, ambos com tendência de acumulação magmáticas característicos. Com exceção de Mirabela, trabalhos de mapeamento geológico de detalhe serão necessários nos outros corpos, sobretudo no do Rio Piau e Samaritana/Carapussê para verificar se neles serão encontrados os membros máficos-ultramáficos. Ao lado disso, trabalhos de geocronologia e geologia isotópica, serão também indispensáveis para se identificar as fontes desses corpos: se eles vieram de uma ou de duas fontes magmáticas.

Palavras-chave: máficos-ultramáficos, gabro-anortosíticos, Rio Piau, Samaritana/Carapussê, Mirabela, Palestina, Bahia, Brasil.
 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback