Difference: DaviOceano20112 ( vs. 1)

Revision 114 Jul 2013 - Main.IsabelBarros

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="OceanoMono20112"
Estudo do impacto da assimilação de dados do sistema Argo em previsões de curto prazo do modelo HYCOM sobre o oceano Atlântico.- Davi Mignac Carneiro (2011.2)

Banca: Prof. Dr. Clemente Augusto Souza Tanajura - IF/UFBA - Orientador, Pr. Dr. Carlos Alessandre Domingos Lentini - IF/UFBA, Dr. Konstantin Pavlovich Belayev - IF/UFBA

Resumo: O impacto da assimilação de dados de temperatura e salinidade do sistema Argo na previsibilidade de curto-prazo do modelo oceânico Hybrid Coordinate Ocean Model (HYCOM) sobre a METAREAV do Oceano Atlântico foi investigado neste trabalho. Dois experimentos de previsão foram realizados para o período de 1 de janeiro até 31 de março de 2011, um de controle sem assimilação e outro com assimilação chamado apenas de previsão. Os experimentos partiram da mesma condição inicial em 1 de janeiro de 2011 e usaram as forçantes do modelo Global Forecast System (GFS) do National Centers for Environmental Prediction (NCEP/NOAA). Na previsão, os dados do sistema Argo foram assimilados em níveis z padrão de Levitus através do método de Bergthorsson e Döös, no qual a matriz de pesos é prescrita, de forma que a análise é sub-ótima. A qualidade da previsão, da análise e do controle foi investigada objetivamente comparando os resultados do modelo com os resultados de análises globais, dados observados in situ e por sensoriamento remoto. O método de assimilação de dados (MAD) empregado foi capaz de corrigir o estado do modelo na direção das observações, já que foram observadas grandes reduções do erro da análise em relação ao controle nos locais dos perfiladores Argo. A maior acurácia das análises proporcionou um ganho de previsibilidade em relação ao controle nos locais das observações Argo, especialmente com relação à salinidade. Na comparação dos resultados com as bóias do PIRATA, o impacto da assimilação na temperatura foi mínimo, enquanto que a salinidade apresentou erros menores do que a análise do HYCOM+NCODA. A previsão com assimilação evidenciou avanços positivos na temperatura da superfície do mar e no conteúdo de calor, reduzindo o forte viés positivo apresentado por ambas às variáveis, especialmente no oceano Atlântico Equatorial Oeste. Embora essa redução não seja suficiente para que o modelo siga a mesma tendência sugerida pelas análises globais ao longo dos três meses de integração, o MAD empregado já seria capaz de prover uma reanálise de melhor qualidade do que o controle puramente. Contudo, o MAD não conseguiu promover nenhuma modificação significativa na altura da superfície do mar (ASM) do modelo. Assim, o impacto da assimilação na circulação do oceano Atlântico Equatorial Oeste foi mínimo, o que sugere a necessidade de uma assimilação multivariada que considere a alteração mais significativa da espessura das camadas isopicnais e dados de ASM.

Palavras chave: Assimilação de dados Argo; HYCOM; oceanografia operacional.

-- IsabelBarros - 14 Jul 2013

 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback