Difference: ElisaSilva2008 ( vs. 1)

Revision 101 Nov 2010 - Main.JoaquimLago

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="GeolMono20081"
A sedimentação na plataforma continental do município de Conde (Litoral Norte da Bahia) desde o último máximo glacial: Integração de dados sedimentológicos e geofísicos - Elisa Nunes Santos da Silva (2008.1)

Banca: Prof. Dr. José Maria Landim Dominguez - IGEO/UFBA - Orientador, Geólogo Cícero da Paixão Pereira - IGEO/UFBA, Prof. Dr. Osmário Rezende Leite - IGEO/UFBA

Resumo: O presente trabalho tem como objetivo principal caracterizar a sedimentação na plataforma continental do município de Conde (Litoral Norte da Bahia) desde o Último Máximo Glacial (16.000-20.000 anos AP), a partir da integração de dados sedimentológicos e geofísicos (sonar de varredura lateral e perfilador de sub-fundo). Com esta finalidade, foram confeccionados o mapa de isópacas dos sedimentos holocênicos e os mapas de fácies texturais e de composição dos sedimentos superficiais de fundo. Estes dados foram integrados a batimetria, sendo também traçada a evolução da inundação da plataforma continental do município de Conde e calculada as taxas de sedimentação. As áreas de maior acúmulo de sedimentos correspondem à feição denominada vale inciso do rio Itapicuru e aos paleocanais existentes na área, onde foi possível perceber a geometria dos seus depósitos no mapa de isópacas. Os sedimentos superficiais da plataforma continental do município de Conde são predominantemente arenosos e cascalhosos, sendo encontrada lama apenas em frente à desembocadura do rio Itapicuru e em depressões presente na plataforma em frente aos rios Itariri e Itapicuru. São predominantemente bioclásticos, com altos teores de alga coralina. Sua inundação após o Último Máximo Glacial (16.000 - 20.000 anos AP) teve início em 11.300 anos AP, sendo completamente afogada em 7.500 anos AP. As maiores taxas de sedimentação foram atribuídas ao vale do rio Itapicuru e aos paleocanais. Para o melhor detalhamento do estudo da sedimentação holocênica na plataforma continental do município de Conde, recomenda-se a coleta de testemunhos, a fim de se estudar a evolução estratigráfica da área. Para um aprofundamento no estudo do Vale Inciso do Rio Itapicuru, é necessário o mapeamento de sua porção continental, com a realização de furos de sondagem. Assim, poderá ser feita a integração da evolução quaternária da zona costeira e plataforma continental adjacente.

Palavras-chave: Plataforma Continental; Município de Conde; Sedimentação Holocênica; Sonar de Varredura Lateral; Perfilador de Sub-fundo; Vale Inciso do Rio Itapicuru.
 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback