Difference: Marcelo20122 ( vs. 1)

Revision 104 Jun 2013 - Main.IsabelBarros

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="GeolMono20122"
Avaliação geológico-geotécnica de uma pedreira no município de Simões Filho, Bahia.- Marcelo Dourado da Silva (2012.2)

Banca: Prof. Dr. Paulo Gustavo Cavalcante Lins- POLITÉCNICA/UFBA - Orientador, Prof. Pedro Maciel de Paula Garcia - Co-Orientador - IGEO/UFBA, Prof. Dr. Luiz Cesar Corrêa-Gomes - IGEO/UFBA, Prof. Dr. Carlson de Matos Maia Leite - IGEO/UFBA- PETROBRAS

*Resumo:*O presente trabalho versa sobre a avaliação geológico-geotécnica dos taludes de uma pedreira, localizado na APA do rio Joanes-Ipitanga, no município de Simões Filho, na Região Metropolitana de Salvador. O maciço rochoso situa-se no Alto de Salvador (BARBOSA et al, 2005), um horst de rochas metamórficas de alto grau, de idade arqueana-paleoproterozóica, que limita-se a oeste com a bacia sedimentar cretácea do Recôncavo, e a leste com sedimentos costeiros cenozóicos. As principais estruturas geológicas que desarticulam o maciço são duas famílias de falhas, com cinemática normal-dextral, e superfícies estriadas F1 (N184/65NW) e F2 (N138/60SW), sendo a última geralmente nucleada sobre a foliação metamórfica SE-NW de ocorrência local, e cinco famílias de juntas fechadas com suave rugosidade completam o sistema de descontinuidades, com valores médios, J1 (N223/72NW); J2 (N260/71NW); J3 (N070/60SE); J4 (N359/85NE); J5 (N045/18SE). O estado de tensão necessário para desenvolver as estrias em F1 e F2, de acordo com a anisotropia pré-existente, é compatível com a extensão geral L-O, seguida de SE-NO relacionado com a abertura do Rifte Recôncavo-Tucano-Jatobá, como último e mais representativo evento deformacional que afetou estas rochas (MAGNAVITAet al., 2005). Foram aplicados os sistemas de classificação RMR (Rock Mass Rating) de BIENIAWSKI (1989) e SMR (Slope Mass Rating) de Romana (1985). Em laboratório foi analisado os parâmetros necessários para realizar a retroanálise das condições de ruptura ocorrida num dos taludes, este resultado permitiu o cálculo do fator de segurança de todas as possibilidades de ruptura planar e em cunha nos taludes rochosos. Na área da pedreira, os taludes são verticalizados, com desnível de 45 metros e individualizados de acordo com sua posição: Talude Norte, Talude Leste, Talude Sul e Talude Oeste. Os resultados da analise SMR e do cálculo do fator de segurança é coerente com a situação estável dos taludes leste, sul e oeste. O talude norte apresenta situações potenciais de ruptura, acusados pela classificação SMR, enquanto o cálculo do fator de segurança produz valores acima de 1,6 para as mesmas estruturas. Este conflito se deve a diferença da natureza dos parâmetros de entrada para cada um dos métodos.

Palavras chave: Talude, ruptura, retroanálise. -- IsabelBarros - 04 Jun 2013
 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback