Difference: MarceloMagalhaes2011 ( vs. 1)

Revision 117 Aug 2012 - Main.IsabelBarros

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="GeolMono20111"
Caracterização faciológica da Formação Taquipe, afloramento da praia de Inema, Salvador - Bahia. - Marcelo Abbehusen Magalhães (2011.2)

Banca: Prof. Msc. Roberto Rosa da Silva - IGEO/UFBA - Orientador, Prof. Dr. Olívia Maria Cordeiro de Oliveira - IGEO/UFBA, Prof. Dr. Carlson de Matos Maia Leite - IGEO/UFBA e Petrobrás.

Resumo: A Bacia do Recôncavo está inserida no Sistema de riftes Recôncavo-Tucano-Jatobá (MAGNAVITA, 1996) e está localizada no Nordeste do Brasil, no estado da Bahia, ocupando uma área aproximada de 11.500 km² (SILVA et al., 2007).
Dentre os vários sistemas petrolíferos encontrados na Bacia do Recôncavo, os turbiditos da Formação Taquipe, objeto de estudo do presente trabalho, caracterizam o quinto mais importante play da bacia (Roberto Rosa, informação verbal), com porosidade de 18 a 24% e permeabilidade de 30 a 300 md (ROSTIROLLA, 1997).
A presente monografia teve como principal objetivo a caracterização faciológica dos ritmitos da Formação Taquipe, no afloramento da Praia de Inema, Base Naval de Aratu. A partir deste estudo, pôde-se identificar os processos e ambientes deposicionais que originaram as fácies e estruturas sedimentares observadas durante os trabalhos de campo, sendo traçados paralelos com os dados e informações pretéritas obtidas acerca desta Formação.
Utilizando critérios como, estruturas sedimentares, granulometria e geometria dos corpos, individualizou-se quatro fácies sedimentares: (i) Folhelho com laminação plano-paralela e intercalações de níveis arenosos à sílticos; (ii) Arenito fino à médio maciço ou com estratificação plano-paralela; (iii) Arenito fino a médio com laminações cruzadas cavalgantes (climbing ripples); (iv) Arenitos com intercalações de folhelhos.
O principal mecanismo de deposição interpretado para a presente Formação foi o de correntes de turbidez, visto que as estruturas sedimentares encontradas nas fácies sedimentares observadas representam os intervalos Ta – Tc/Td da Sequência de Bouma, e dos intervalos F7, F8 e F9a, das fácies turbidíticas de Mutti.
Concluiu-se que as correntes de turbidez se propagaram em condições de regimes de fluxo superior e inferior de baixa densidade, além da ocorrência de fluxos gravitacionais de massa, que foram responsáveis por depósitos de slump.
O ambiente em que esta formação está inserida é o Cânion de Taquipe, em regime subaquoso, lacustre e escavado sobre os deltas da Fm. Pojuca.

Palavras-chave: Taquipe, Turbiditos, Recôncavo, Fácies

-- IsabelBarros - 17 Aug 2012

 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback