Difference: RicardoGomes2011 ( vs. 1)

Revision 122 Jul 2011 - VanderluciaCruz

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="GeolMono20111"
Análise Geoquímica dos Sedimentos de Fundo do Setor Noroeste da Baía de Todos os Santos - Ba - Ricardo Lacerda Gomes (2011.1)

Banca: Profa. Dra. Karina Santos Garcia - IGEO/UFBA - Co-Orientadora, Profa. Msc. Sarah Adriana do Nascimento Rocha - IGEO/UFBA, Msc. João Severiano Caldas da Silveira - Petrobras

Resumo: A Baía de Todos os Santos, localizada no Recôncavo Baiano, é a maior baía navegável do Brasil. As regiões também de manguezal que compõem essa baía assistiram à implantação de indústrias e das primeiras unidades de exploração, produção e refino de petróleo em território brasileiro. Como consequência desse pioneirismo, um grande passivo ambiental se faz sentir pela biota local e está registrado nos sedimentos, sob a forma de contaminação. O objetivo deste trabalho foi avaliar a qualidade do sedimento de fundo da porção Noroeste da Baía de Todos os Santos. Para isso foram coletadas três amostras em triplicata e determinou-se a distribuição espacial de Sulfetos Voláteis em Ácidos (AVS) e Metais Extraídos (Cu, Ni, Zn, Cr, Fe e Mn) Simultaneamente (MES). Também foram avaliados texturalmente a granulometria dos sedimentos. O AVS foi extraído do sedimento anaeróbio com ácido clorídrico 6mol L-1, a frio, e os metais bivalentes liberados durante este tratamento são referidos como metais extraídos simultaneamente (SEM). Os resultados obtidos pela razão AVS/MES, foram correlacionados com as frações granulométricas e os metais [ Ni (3,15 a 3,56 mg.K-1), Cr ( 3,37 a 4,11 mg.K-1), Cu (2,12 a 6,73 mg.K-1), Zn (12,17 a 18,75 mg.K-1), Mn ( 137 a 330 mg.K-1), Fe ( 5340 a 6851 mg.K-1)], para entender os processos referentes a biodisponibilidade dos metais em associação com os sulfetos. Comparando-se esses resultados com valores de referências internacionais (National Oceanic and Atmosferic Administration – NOAA) e nacionais (Garcia, (2009) e Onofre, (2007), verificou-se estarem abaixo do “background” ou valores estabelecidos, mesmo quando comparados com aqueles encontrados em áreas diferentes do Brasil. Encontrou-se valores > 1 para a relação [MES]/[AVS] em todas as estações. Indicando que os metais poderão estar biodisponíveis, os sedimentos não apresentam necessariamente toxicidade. Com estes resultados obtidos em níveis referenciados dos teores de metais em sedimento, pode-se concluir que a região de coleta não apresenta efeitos adversos à biota.

Palavras-chave: sedimentos, Baía de Todos os Santos, Metais, Geoquímica.
 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback