Difference: Victor20122 ( vs. 1)

Revision 104 Jun 2013 - Main.IsabelBarros

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="GeolMono20122"
Neotectônica do Grupo Barreiras no litoral dos estados de Sergipe e Alagoas.- Victor Bandeira Martins Matos (2012.2)

Banca: Prof. Dr. Luiz César Corrêa-Gomes - IGEO/UFBA - Orientador, Msc. Idney Cavalcanti da Silva - IGEO/UFBA, Dr. José Martin Ucha - IFBA

Resumo: O Grupo Barreiras (GB) (Terciário - Mioceno) ocorre ao longo do litoral do Rio de Janeiro se estendendo até o estado do Amapá e a análise faciológica deste Grupo ainda é insuficiente para definir os processos e ambientes de sedimentação. Poucos trabalhos com enfoque tectônico foram realizados no Gr. Barreiras, de forma que o presente trabalho tem como objeto estudo as estruturas rúpteis do GB, objetivando o entendimento da Neotectônica no litoral dos estados de Sergipe e Alagoas, além da criação de um modelo evolutivo e a sugestão de quais são os motores geradores dos campos de tensão originadores de tais estruturas. Para tais objetivos este trabalho realizou um estudo geométrico, cinemático e dinâmico das falhas e fraturas do Embasamento (Proví­ncia Borborema e Cráton do São Francisco), da Bacia de SE- AL e do Gr. Barreiras verificando qual a importância da herança estrutural do embasamento na origem das estruturas no GB. Foram obtidas orientações de 41 planos de foliações e de 75 lineações de estiramento mineral ambas no embasamento, além de 10.352 planos de falhas e fraturas, totalizando 115 afloramentos visitados. Através do método de inversão dos Diedros Retos foram obtidas 100 orientações 3-D de cada tensor principal. Os estudos mostram que as estruturas neotectônicas do GB apresentam não só uma relação direta com os padrões estruturais do embasamento (N010º / N110°), bem como padrões mais jovens de planos de falhas e fraturas (N040°-060° / N140°-160°). Estes padrões estão ligados a pares ortogonais de tensores sub-horizontais orientados N150° / N060° e E-W / N-S aproximadamente. Verificou-se que os motores principais geradores dos campos de tensão são: (i) a movimentação da placa sul-americana no sentido N320° e (ii) a compressão que a dorsal exerce na borda leste do continente sul-americano.

Palavras chave: Campos de Tensão; Falhas/Fraturas; Neotectônica.

-- IsabelBarros - 04 Jun 2013

 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback