Difference: RELATÓRIODOGRUPOTRÊS (1 vs. 12)

Revision 1230 Nov 2005 - SamaiDeAzevedo

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 92 to 92
  Foi muito agitado. Alguns não conseguiam cadastrar seus nomes no computador embora tentássemos diversas vezes. A falta de alguém para ajudá-los nesse momento foi um ponto negativo, atrasando assim o chat.Faltou planejar que cada monitor estivesse presente dividindo os horários para não sobrecarregar um, somente.
Deleted:
<
<
Relatório Final
 
Changed:
<
<
No início do GEAC de tecnologia, o processo de intimidade era muito lento. Parece até absurdo, mas alguns estavam com problemas de acesso do blog por conta de senhas que perdiam ou esqueciam. Outros estavam atrasados no princípio da inclusão digital, sem a mínima percepção no manejo da máquina. Confessamos que algumas pessoas desistiram da finalidade assim que os obstáculos foram cruzando seus caminhos, outras persistiram em seguir uma meta depois de horas de frustação O que nos chamou a atenção foi a forma como alguns se mostraram responsáveis para vencer as dificuldades: definiram e procuraram como alcançar as metas.
>
>
Relatório Final
 
Added:
>
>
No início do GEAC de tecnologia, o processo de intimidade era muito lento. Parece até absurdo, mas alguns estavam com problemas de acesso do blog por conta de senhas que perdiam ou esqueciam. Outros estavam atrasados no princípio da inclusão digital, sem a mínima percepção no manejo da máquina. Confessamos que algumas pessoas desistiram da finalidade assim que os obstáculos foram cruzando seus caminhos, outras persistiram em seguir uma meta depois de horas de frustação O que nos chamou a atenção foi a forma como alguns se mostraram responsáveis para vencer as dificuldades: definiram e procuraram como alcançar as metas previstas, cumprindo cada passo necessário, revendo oe erros e alegrando-se a cada acerto. Além disso, o grupo se mostrou aberto na exposição dos temas estudados, fez estudos sobre os temas e produziu textos a partir de estudos em subgrupos.
 
Added:
>
>
Um dos motivos que trapalhou a aprendizagem dos cursistas foi a dificuldade de reunir todos para discutir e elaborar o texto coletivo. Os problemas com e-mails, senhas, blogs e cadastros no Twiki também, foi uma das causas que dificultou bastante o nosso trabalho. Muitos deles resistiram às cobranças, demonstrando o mínimo interesse em melhorar o seu desempenho.
 
Added:
>
>
Contudo, parece-nos que houve uma melhora significativa em relação à aprendizagem dos cursistas em tecnologia.
 

Revision 1129 Nov 2005 - SamaiDeAzevedo

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 92 to 92
  Foi muito agitado. Alguns não conseguiam cadastrar seus nomes no computador embora tentássemos diversas vezes. A falta de alguém para ajudá-los nesse momento foi um ponto negativo, atrasando assim o chat.Faltou planejar que cada monitor estivesse presente dividindo os horários para não sobrecarregar um, somente.
Added:
>
>
Relatório Final

No início do GEAC de tecnologia, o processo de intimidade era muito lento. Parece até absurdo, mas alguns estavam com problemas de acesso do blog por conta de senhas que perdiam ou esqueciam. Outros estavam atrasados no princípio da inclusão digital, sem a mínima percepção no manejo da máquina. Confessamos que algumas pessoas desistiram da finalidade assim que os obstáculos foram cruzando seus caminhos, outras persistiram em seguir uma meta depois de horas de frustação O que nos chamou a atenção foi a forma como alguns se mostraram responsáveis para vencer as dificuldades: definiram e procuraram como alcançar as metas.

 

Revision 1028 Nov 2005 - SamaiDeAzevedo

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 92 to 92
  Foi muito agitado. Alguns não conseguiam cadastrar seus nomes no computador embora tentássemos diversas vezes. A falta de alguém para ajudá-los nesse momento foi um ponto negativo, atrasando assim o chat.Faltou planejar que cada monitor estivesse presente dividindo os horários para não sobrecarregar um, somente.
Added:
>
>

Revision 924 Nov 2005 - SamaiDeAzevedo

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 84 to 84
  Foi muito divertido o chat e os que estiveram presentes, no segundo horário, aproveitaram mais a oportunidade porque não tiveram pressa e usaram bastante até o último minuto.
Added:
>
>
Relatório do Chat

Data:24/11/05

O laboratório estava reservado para o chat, mas infelizmente, algumas pessoas não colaboraram para ceder o espaço para os cursistas que iriam fazer parte. São dez os aparelhos do laboratório porém a cpu de um estava sendo utilizado em aula e o outro não estava funcionando. Foi muito agitado. Alguns não conseguiam cadastrar seus nomes no computador embora tentássemos diversas vezes. A falta de alguém para ajudá-los nesse momento foi um ponto negativo, atrasando assim o chat.Faltou planejar que cada monitor estivesse presente dividindo os horários para não sobrecarregar um, somente.

Revision 815 Nov 2005 - SamaiDeAzevedo

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 30 to 30
  Farei uma lista dos cursistas que já regularizaram seus blogs, mandaram para a lista, mas ainda não têm seus blogs divulgados na página dos cursistas a fim de que você publique.
Changed:
<
<
Parecer sobre a tutora (Samai)
>
>
Parecer sobre a tutora Samai por Vera cavalcante,01-10-2005
  Uma idéia que realmente está funcionando é o enfoque da tutoria na atividade de tecnólogia.Segundo César Coll para ser um bom tutor é necessário saber mais que o resto do grupo e atuar com empenho e responsabilidade.A tutora do nosso grupo Samai está desenvolvendo um excelente trabalho, o resultado desse pode ser em parte avaliado pelo empenho e desempenho do grupo que a meu ver está crescendo muito na interação. Meu caso por exemplo, já consigo ficar mais tempo interagindo sem ficar irritada com os fracasso´, pois posso contar com ajuda quando surgem as dúvidas, percebo que estou andando com mais constância na interação.
Deleted:
<
<
Vera Cavalcante,01-10-05
  RELATÓRIO DO ENCONTRO IV
Line: 56 to 56
  Algumas pessoas desistiram da finalidade assim que os obstáculos foram cruzando seus caminhos; outras persistiram em seguir uma meta depois de minutos de frustração. Porém, estas conseguiram o combinado, no caso, criar pastas e passar textos da internete para o disquete. Diante disso, nos surgiu uma dúvida: Qual é a diferença entre elas? Pelo visto, não é competência nem paciência, e sim, a capacidade de manter o controle.

Changed:
<
<
O bate-papo na Bol foi muito divertido e proporcionou mometos de apredizagem levando-os a perceber passos simples para navegar na internet.
>
>
O bate-papo na Bol foi muito divertido e proporcionou momentos de apredizagem levando-os a perceber passos simples para navegar na internet.
  O que nos chamou a atenção, enquanto monitor, foi a forma como alguns monitorandos se reconheceram como responsáveis por definir e procurar como alcançar as metas, bem como persegui-las, cumprindo cada passo necessário, revendo os erros de navegação para depois corrigi-los, alegrando-se a cada acerto. Mesmo numa ocasião centralizada de maneira expositiva, percebemos as ações e reações dos monitorandos. Entretanto, alguns deles com limitações nas habilidades. Percebo que o motivação do grupo aumenta a cada encontro, isso por conta da monitoria que muito vem ajudando.O medo cede lugar a ousadia e as máquinas antes quase abandonadas atualmente não suprem mais a demanda,já ocorrem reclamações por conta do pouco tempo para ler e responder e-mail.Gradativamente o grupo passa do processo da interção para uma postura mais participativa, interativa,isso inclui essa que aqui escreve.
Added:
>
>
Relatório do Encontro VII

27/10/05

Nesse encontro, foi diferente porque eu e Cecílio, monitoramos o grupo no mesmo turno, fazendo com que a colaboração de um para com o outro fosse maior, atendendo assim, com mais precisão, às necessidades dos monitorandos. Eles aprenderam a utilizar o disquete, navegar na internet, explorando a página da Faced, conheceram melhor o Twiki, observando os caminhos a seguir para chegar ao lugar desejado.

Relatório do Encontro VIII

03/11/05

Observa-se um medo de utilizar as ferramentas do computador para chegar onde querem. Sinto que falta iniciativa dos monitorandos. Ainda não conseguiram tentar sozinhos. Demonstram uma certa insegurança. Porém percebo que alguns querem e desejam aprender a mexer em tudo e pra isso fazem anotações de passos a dar para chegar a algumas páginas, sites... Fizemos a leitura dos textos sugeridos na página da Faced sobre interatividade. Além de discutirmos para fazer o texto coletivo, que foi uma participação muito boa dos monitorandos que estiveram presentes, escrevemos o texto e eu publiquei no Twiki. Aproveitaram também para digitar seus textos individuais e publicarem no blog.

Relatório do Encontro IX

  11/11/05
Changed:
<
<
A turma hoje esteve treinando um prazeroso bate-pao virtual.A empolgação foi grande. Esse encontro teve como objetivo tirar as dúvidas dos cursistas sobre a linguagem virtual, a economia de palavras (abreviações) e os recursos a utilizar.
>
>
A turma hoje esteve treinando um prazeroso bate-papo virtual entre eles. A empolgação foi grande. Esse encontro teve como objetivo tirar as dúvidas dos cursistas sobre a linguagem virtual, a economia de palavras (abreviações) e os recursos a serem utilizados.
 
Changed:
<
<
As dúvidas foram aos poucos sendo se acabando e a turma empolgada com o bate-papo. Queixaram-se da demora de digitação de colegas, da falta de respostas às perguntas lançadas a dificuldade de entrar no chat.
>
>
As dúvidas foram aos poucos se acabando e a turma empolgada com o bate-papo. Queixaram-se da demora de digitação de colegas, da falta de respostas às perguntas lançadas na sala e a dificuldade para entrar no chat.
 
Changed:
<
<
Foi muito divertido o chat dessa aula e os que estiveram presentes, no segundo horário aproveitaram mais a oportunidade.
>
>
Foi muito divertido o chat e os que estiveram presentes, no segundo horário, aproveitaram mais a oportunidade porque não tiveram pressa e usaram bastante até o último minuto.
 

Revision 714 Nov 2005 - SamaiDeAzevedo

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Revision 611 Nov 2005 - SamaiDeAzevedo

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 61 to 61
  O que nos chamou a atenção, enquanto monitor, foi a forma como alguns monitorandos se reconheceram como responsáveis por definir e procurar como alcançar as metas, bem como persegui-las, cumprindo cada passo necessário, revendo os erros de navegação para depois corrigi-los, alegrando-se a cada acerto. Mesmo numa ocasião centralizada de maneira expositiva, percebemos as ações e reações dos monitorandos. Entretanto, alguns deles com limitações nas habilidades. Percebo que o motivação do grupo aumenta a cada encontro, isso por conta da monitoria que muito vem ajudando.O medo cede lugar a ousadia e as máquinas antes quase abandonadas atualmente não suprem mais a demanda,já ocorrem reclamações por conta do pouco tempo para ler e responder e-mail.Gradativamente o grupo passa do processo da interção para uma postura mais participativa, interativa,isso inclui essa que aqui escreve.
Added:
>
>
11/11/05

A turma hoje esteve treinando um prazeroso bate-pao virtual.A empolgação foi grande. Esse encontro teve como objetivo tirar as dúvidas dos cursistas sobre a linguagem virtual, a economia de palavras (abreviações) e os recursos a utilizar.

As dúvidas foram aos poucos sendo se acabando e a turma empolgada com o bate-papo. Queixaram-se da demora de digitação de colegas, da falta de respostas às perguntas lançadas a dificuldade de entrar no chat.

Foi muito divertido o chat dessa aula e os que estiveram presentes, no segundo horário aproveitaram mais a oportunidade.

Revision 524 Oct 2005 - VeraCavalcante

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 59 to 59
  O bate-papo na Bol foi muito divertido e proporcionou mometos de apredizagem levando-os a perceber passos simples para navegar na internet.

O que nos chamou a atenção, enquanto monitor, foi a forma como alguns monitorandos se reconheceram como responsáveis por definir e procurar como alcançar as metas, bem como persegui-las, cumprindo cada passo necessário, revendo os erros de navegação para depois corrigi-los, alegrando-se a cada acerto. Mesmo numa ocasião centralizada de maneira expositiva, percebemos as ações e reações dos monitorandos. Entretanto, alguns deles com limitações nas habilidades.

Added:
>
>
Percebo que o motivação do grupo aumenta a cada encontro, isso por conta da monitoria que muito vem ajudando.O medo cede lugar a ousadia e as máquinas antes quase abandonadas atualmente não suprem mais a demanda,já ocorrem reclamações por conta do pouco tempo para ler e responder e-mail.Gradativamente o grupo passa do processo da interção para uma postura mais participativa, interativa,isso inclui essa que aqui escreve.
 

Revision 421 Oct 2005 - CecilioSantos

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 54 to 54
  13/10/05

Changed:
<
<
Algumas pessoas desistiram da finalidade assim que os obstáculos foram cruzando seus caminhos; outras persistiram em seguir uma meta depois de minutos de frustração. Porém, estas conseguiram o combinado, no caso, criar pastas e passar textos da internete para o disquete. Diante disso me surgiu uma dúvida: Qual é a diferença entre elas? Pelo visto não é competência nem paciência, e sim, a capacidade de manter o controle.
>
>
Algumas pessoas desistiram da finalidade assim que os obstáculos foram cruzando seus caminhos; outras persistiram em seguir uma meta depois de minutos de frustração. Porém, estas conseguiram o combinado, no caso, criar pastas e passar textos da internete para o disquete. Diante disso, nos surgiu uma dúvida: Qual é a diferença entre elas? Pelo visto, não é competência nem paciência, e sim, a capacidade de manter o controle.
 
Changed:
<
<
O que me chamou à atenção, enquanto monitor, foi a forma como alguns monitorandos se reconheceram como responsáveis por definir e procurar como alcançar as metas, bem como persegui-las, cumprindo cada passo necessário, revendo os erros de navegação para depois corrigi-los, alegrando-se a cada acerto. Mesmo numa ocasião centralizada de maneira expositiva, pude perceber as ações e reações dos monitorandos. Entretanto, alguns deles com limitações nas habilidades.
>
>
O bate-papo na Bol foi muito divertido e proporcionou mometos de apredizagem levando-os a perceber passos simples para navegar na internet.

O que nos chamou a atenção, enquanto monitor, foi a forma como alguns monitorandos se reconheceram como responsáveis por definir e procurar como alcançar as metas, bem como persegui-las, cumprindo cada passo necessário, revendo os erros de navegação para depois corrigi-los, alegrando-se a cada acerto. Mesmo numa ocasião centralizada de maneira expositiva, percebemos as ações e reações dos monitorandos. Entretanto, alguns deles com limitações nas habilidades.

 

Revision 319 Oct 2005 - CecilioSantos

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatórios do grupo três

Line: 48 to 50
  No encontro de hoje, fizemos um mapeamento dos blogs e publicações dos textos, cadastros no Twiki dos cursistas que ainda não haviam feito. Tentei verificar a situação dos cursistas que estavam no subgrupo com Vera Lúcia (monitora desistente)porque até o momento não obtive nenhum relatório sobre o desenvolvimento dos mesmos. Mesmo com a quantidade insuficiente de computadores, eu uni os dois grupos para atualizar e organizar os blogs, inserir na página da lista de cursistas seus endereços de emails e blogs que não constavam nela.
Added:
>
>
Relatório do encontro VI

13/10/05

Algumas pessoas desistiram da finalidade assim que os obstáculos foram cruzando seus caminhos; outras persistiram em seguir uma meta depois de minutos de frustração. Porém, estas conseguiram o combinado, no caso, criar pastas e passar textos da internete para o disquete. Diante disso me surgiu uma dúvida: Qual é a diferença entre elas? Pelo visto não é competência nem paciência, e sim, a capacidade de manter o controle.

O que me chamou à atenção, enquanto monitor, foi a forma como alguns monitorandos se reconheceram como responsáveis por definir e procurar como alcançar as metas, bem como persegui-las, cumprindo cada passo necessário, revendo os erros de navegação para depois corrigi-los, alegrando-se a cada acerto. Mesmo numa ocasião centralizada de maneira expositiva, pude perceber as ações e reações dos monitorandos. Entretanto, alguns deles com limitações nas habilidades.

Revision 217 Oct 2005 - CecilioSantos

Line: 1 to 1
 
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"
Changed:
<
<

Relatório do grupo três

>
>

Relatórios do grupo três

  RELATÓRIO DO ENCONTRO I

Revision 111 Oct 2005 - CecilioSantos

Line: 1 to 1
Added:
>
>
META TOPICPARENT name="PageGrupo3"

Relatório do grupo três

RELATÓRIO DO ENCONTRO I

06 e 08/08/2005

Combinamos que todos os cursistas estudariam a apostila sobre comunidades virtuais, mas não foi discutida nesse encontro porque a maioria não tem posse da mesma, nem acessam a internet para fazer a leitura. Ficou, então, marcado para o próximo encontro, uma discussão sobre as comunidades virtuais e sua importância.

A aula foi muito proveitosa porque foi criado um ambiente propício para uma boa aprendizagem. Os colegas cursistas se sentiram à vontade para perguntar e tirar as suas dúvidas, mexer no computador e descobrir funções simples como justificar textos, sublinhar, utilizar outras cores e outros recursos para personalizar seus textos. Muitos estavam com problemas com as senhas do blog e foram alteradas a fim de publicarem suas reflexões.

RELATÓRIO DO ENCONTRO II

13 e 14/09/2005

O processo de intimidade com a máquina é muito lento. Muitos cursistas têm dificuldades para o manter as senhas do email ou blog dificultando assim o acesso aos mesmos. Alguns confundem muito, não conseguem armazenar ou mesmo repetir a senha, dificultando e muito o processo de aprendizagem.

O uso da internet, em alguns casos, está sendo usado somente nos momentos com a monitoria, fazendo com que se distanciem do restante do grupo. Os encontros são marcados na lista de discussão; nem todos acessam e ficam sem saber. Apelei para o mural a fim de evitar desencontros.

RELATÓRIO DO ENCONTRO III

20 e 21/09/2005

Os cursistas que estavam atrasados no processo de inclusão digital estão tentando ajustar seus horários de atividades aos encontros com a monitoria. Quando não é possível comparecer ao encontro, estão sendo orientados em qualquer outro horário no espaço do laboratório a fim de que não fiquem prejudicados no andamento das atividades.

A maioria já tem seu blog atualizado e estÁ, à medida do possível, publicando seus textos sobre Comunidades Virtuais. Eu, como monitora, achei muito difícil reunir a turma para a discussão e produção do texto coletivo devido a falta de leitura desses textos. Muitos não tem em mãos os mesmos, ou não conseguem ler no monitor ( problema de vista), ou ainda, não adquiriram na xerocopiadora portanto, não foi uma discussão muito proveitosa.

Há dificuldades de continuarem o texto coletivo por não serem todos cadastrados no Twiki. Alguns ainda não estão preparados para isso. Nesse caso, o que fazer? Os que são cadastrados comprometeram-se em dar as suas contribuições ao longo do tempo, que no caso, não cumpriram o combinado.

Farei uma lista dos cursistas que já regularizaram seus blogs, mandaram para a lista, mas ainda não têm seus blogs divulgados na página dos cursistas a fim de que você publique.

Parecer sobre a tutora (Samai)

Uma idéia que realmente está funcionando é o enfoque da tutoria na atividade de tecnólogia.Segundo César Coll para ser um bom tutor é necessário saber mais que o resto do grupo e atuar com empenho e responsabilidade.A tutora do nosso grupo Samai está desenvolvendo um excelente trabalho, o resultado desse pode ser em parte avaliado pelo empenho e desempenho do grupo que a meu ver está crescendo muito na interação. Meu caso por exemplo, já consigo ficar mais tempo interagindo sem ficar irritada com os fracasso´, pois posso contar com ajuda quando surgem as dúvidas, percebo que estou andando com mais constância na interação.

Vera Cavalcante,01-10-05

RELATÓRIO DO ENCONTRO IV 28/09/05

Nesse encontro eu pude sentir que os cursistas estão mais à vontade com a internet. Eles já conseguem seguir os passos que tinham dúvida, embora há alguns que não tiveram os mesmos progressos.

Fizemos comentários nos blogs,cadastramos no Twiki, abrimos pastas no email, adicionamos emails à nossa lista de endereços e quem ainda não havia publicado seu texto no blog, fez a publicação.

RELATÓRIO DO ENCONTRO V 03/10/05

No encontro de hoje, fizemos um mapeamento dos blogs e publicações dos textos, cadastros no Twiki dos cursistas que ainda não haviam feito. Tentei verificar a situação dos cursistas que estavam no subgrupo com Vera Lúcia (monitora desistente)porque até o momento não obtive nenhum relatório sobre o desenvolvimento dos mesmos. Mesmo com a quantidade insuficiente de computadores, eu uni os dois grupos para atualizar e organizar os blogs, inserir na página da lista de cursistas seus endereços de emails e blogs que não constavam nela.

 
This site is powered by the TWiki collaboration platformCopyright &© by the contributing authors. All material on this collaboration platform is the property of the contributing authors.
Ideas, requests, problems regarding TWiki? Send feedback