Mapeamento geológico e análise estrutural do afloramento da Praia da Paciência (setor E), Salvador, Bahia. Gabriel Parente da Silva Alem Marinho (2013.1)

Banca: Profa. Dra. Jailma Santos de Souza - IGEO/UFBA - Co-Orientadora, Profa. Dra. Simone C. Pereira Cruz - IGEO/UFBA – Orientadora, Geólogo Josafá da Silva Santos - Pós Grad. Geol. IGEO/UFBA, Prof. Dr. Carlson Matos Maia Leite - IGEO/UFBA e Petrobras.

Resumo: A área de estudo pertence ao contexto macrotectônico do Cráton do São Francisco, nos domínios do Orógeno Itabuna-Salvador-Curaçá, mais especificamente em sua porção oriental, no Cinturão Salvador-Esplanada. A carência de estudos no Cinturão Salvador-Esplanada despertou a necessidade de contribuir para o entendimento da evolução tectônica desse cinturão através de trabalhos de mapeamento geológico do afloramento do setor E da praia da Paciência, Rio Vermelho, cidade de Salvador. O objetivo geral desse trabalho é contribuir com o entendimento da evolução tectônica do Cinturão Salvador-Esplanada, um importante compartimento do Orógeno Itabuna-Salvador-Curaçá. Como objetivos específicos, tem-se: (i) proceder ao levantamento das litologias e estruturas associadas com a migmatização do afloramento situado na porção E da Praia da Paciência; (ii) realizar a análise estrutural desse afloramento; (iii) verificar a relação entre a migmatização e as fases deformacionais identificadas. Com os trabalhos de mapeamento geológico foi possível o levantamento de três unidades distintas: (i) migmatito granulítico paraderivado com encraves máficos (metatexítico e diatexítico), predominantes; (ii) diques félsicos; e (iii) rochas e sedimentos recentes, discordantes e recobrindo as demais, cristalinas. Duas fases deformacionais compressionais foram identificadas e denominadas de Dn e Dn+1. A primeira fase foi subdividida nos estágios Dn’, Dn” e Dn’”. Essas fases são correlatas com as colisões riacianas interpretadas por diversos autores, com campos de tensões compatíveis com o campo de tensão regional que estruturou o Orógeno Itabuna-Salvador-Curaçá. Com esses estudos pretende-se colaborar para os avanços do entendimento da evolução deformacional da porção sul do Cinturão Salvador-Esplanada e do orógeno em foco.

Palavras-chave: Cinturão Salvador-Esplanada; migmatito; zonas de cisalhamento.