INFORMAÇÕES

O novo currículo dos cursos de Geografia justifica-se devido o processo do conhecimento ser cumulativo, implicando em constantes mudanças, produto da reflexão a partir dos desafios postos pelo cotidiano. Neste sentido, uma atualização dos conteúdos programáticos das disciplinas, ora em vigor, não atenderia, forçosamente, a todas estas necessidades. É importante uma reorientação do currículo atual, de modo a incorporar novos conhecimentos produzidos e retrabalhados em nível de conteúdo, dando-lhes maior organicidade e integração além de atender às exigências das leis que regulamentam as profissões de geógrafo e do profissional do Ensino Fundamental e Médio.

A Geografia, com o avanço do conhecimento e as grandes transformações por que passa o Mundo, tornou-se mais complexa. E em decorrência disso, fazem-se necessárias permanentes revisões, tanto no modo de pensar como no modo de produzir a ciência geográfica.

A proposta curricular baseia-se nos seguintes princípios:

 Filosóficos e Pedagógicos

 promoção de uma formação humanística e crítica do aluno do curso de Geografia;  estudo da Geografia como uma ciência voltada para o ensino e para o exercício profissional;  desenvolvimento de uma prática pedagógica que contribua para o conhecimento do país e do mundo, considerando seus aspectos socioeconômicos, políticos e ambientais;  produção do conhecimento, garantindo sua atualização científica e tecnológica;  reflexão permanente e profunda sobre o raciocínio e a prática geográfica.

 Didáticos e Técnicos

A nova estrutura curricular é caracterizada por um núcleo de disciplinas básicas de formação profissional, comum para as duas habilitações (Licenciatura e Bacharelado); um núcleo de disciplinas de conteúdos complementares, oriundos de áreas correlatas à Geografia, e um grande elenco de disciplinas optativas organizadas em núcleos temáticos: Núcleo Urbano/Regional (NUR), Núcleo de Meio Ambiente (NUMA), Núcleo Instrumental (NUI) e Núcleo Pedagógico (NUPE). As disciplinas do curso, voltadas, principalmente, para teoria, método, técnicas e as optativas, em particular as departamentais, estão direcionadas, sobretudo, para os temas mais atualizados da ciência geográfica.