Estudo preliminar da ocorrência do molusco Anomalocardia brasiliana (Gmelin, 1791) no canal de Madeiro, município de Salinas da Margarida, BA. - Luana Bonfim Santos (2012.2)

Banca: Profa. Dra. Gisele Mara Hadlich - IGEO/UFBA - Orientador, Msc. Márcio de Jesus Silva - Co-Orientador - IGEO/UFBA, Profa. Dra. Karina Santos Garcia - IGEO/UFBA, Prof. Dr. José Martin Ucha - IFBA

Resumo: Este trabalho tem como objetivo avaliar a ocorrência do molusco bivalve Anomalocardia brasiliana no canal de maré da localidade do Madeiro, situado no Município de Salinas da Margarida-BA. Para tanto, foi necessária a obtenção de dados biométricos e de parâmetros abióticos. Esta espécie apresenta uma ampla ocorrência ao redor do globo, sendo predominante em regiões mais protegidas da ação de ondas e correntes, vivendo enterrada em substratos arenosos e arenolodosos. No município de Salinas da Margarida, este bivalve desempenha um importante papel ecológico e socioeconômico, constituindo-se como uma das principais fontes de renda e de subsistência para muitas famílias locais. As coletas de molusco e de sedimento foram realizadas em dois períodos (ago/2011 e mar/2012), sendo escolhidos 20 pontos de amostragem. As amostras foram encaminhadas para o Laboratório (LEPETRO/NEA/IGEO/UFBA) para a realização das etapas analíticas, nas matrizes de biota e de sedimento, através de métodos validados. Foram analisados nos moluscos: tamanho (largura, altura, comprimento), biomassa, rendimento e densidade populacional; e nos sedimentos: pH, Eh, salinidade, condutividade, matéria orgânica, nutrientes (N, P, K, CaCO3? ) e granulometria. Os resultados mostraram correlação entre os parâmetros abióticos e a ocorrência do molusco. No período seco os resultados obtidos evidenciaram maior influência da atividade de mariscagem, sendo registrado que o comprimento médio dos organismos apresentou-se abaixo do valor recomendado para captura.

Palavras chave: Molusco bivalve; Salinas da Margarida; Anomalocardia brasiliana.

-- IsabelBarros - 05 Jul 2013